BrasilSociedade

O que Lula não quer ouvir?

Lula e Pimenta tentam ocultar críticas.

A tragédia no Rio Grande do Sul tem sido uma preocupação séria e mobilizou esforços do governo e das autoridades para lidar com as consequências das enchentes. Aqui estão alguns pontos relevantes sobre a situação:

Ajuda do Governo Lula:

O governo Lula (PT) enviou “100 integrantes da Força Nacional” para o Rio Grande do Sul para auxiliar nas operações de salvamento e resgate das pessoas atingidas pelas enchentes.

Essa tropa federal inclui bombeiros, policiais federais e agentes da Polícia Rodoviária Federal.

Além disso, o governo federal anunciou um conjunto de medidas que deve injetar quase R$ 50,945 bilhões na economia do estado, visando mitigar os impactos da tragédia

  1. Situação Atua
      • Até o momento, 39 pessoas perderam a vida, rios em todo o estado foram afetados e novas chuvas podem provocar cheias recordes no Guaíba, em Porto Alegre.                                                                    Cerca de 31,5 mil pessoas estão fora de casa, sendo 7.949 em abrigos e 23.598 desalojadas (na casa de familiares ou  (amigos).                                                                                                                                  A situação afetou 235 dos 496 municípios do estado, impactando 351.639 pessoas.
  2. Reconhecimento e Recursos:
    • O governo do estado decretou estado de calamidade pública, medida válida por 180 dias, reconhecida pelo governo federal. Isso permite que o estado solicite recursos federais para ações de defesa civil

FONTE: Gazeta do Povo – Publicação autorizada

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo